Home 2017 novembro 23 A Condição Natural do Ego Humano 

A Condição Natural do Ego Humano 

Em 1 Co 4.6, Paulo exorta os cristãos de Corinto a não se orgulharem de uma pessoa em detrimento de outra. Ao usar a palavra physioõ, Paulo está tentando ensinar aos cristãos de Corinto algo especial sobre o ego humano. A palavra que utiliza para orgulho tem o sentido literal de superinflado, inchado, distendido além do tamanho normal. Está relacionado com “fole”.

A condição natural do ego humano possui quatro verdades: Ele é vazio, dolorido, atarefado e frágil.

Em primeiro lugar, vazio. Há um vazio no centro do ego humano. Ele é oco. Orgulho espiritual é a ilusão de que temos competência, sem Deus, para conduzir a vida, desenvolver nosso próprio senso de valor pessoal e descobrir um propósito grande o bastante para dar sentido à vida. O ego busca algo que lhe dê senso de valor, de singularidade e de propósito, e nisso ele se apoia. O Ego humano é vazio.

Em segundo lugar, o ego humano é também dolorido. O ego distendido e superinflado dói. O ego vive chamando atenção para si mesmo. O ego exige que avaliemos nossa aparência e a maneira em que somos tratados. O ego não ficaria dolorido se não houvesse algo terrivelmente errado com ele. O ego nunca se sente feliz. Vive chamando a atenção para si.

Em terceiro lugar, o ego humano é incrivelmente atarefado. O ego faz de tudo para ser notado. Vive ocupado tentando preencher o vazio. Na tentativa de preencher o vazio e lidar com seu desconforto, o ego vive se comparando com outras pessoas. E faz isso o tempo todo. Trabalhamos em coisas que não gostamos, fazemos dietas que detestamos. Realizamos todo tipo de coisas, não pelo prazer de realizá-las, mas apenas para construir um currículo que impressione. O ego vive ocupado. Ocupadíssimo, o tempo inteiro.

Em quarto lugar, o ego humano é frágil. Qualquer coisa superinflada corre perigo iminente de estourar. Meu ego nunca fica satisfeito. Minha autoestima, meu amor próprio, minha necessidade de saber que sou mesmo alguém – nada disso é preenchido.

Porque meu ego é insaciável. Esse é o estado natural do eu humano. É o desejo de Paulo que essas pessoas em I Co vejam a diferença que o evangelho faz e como esse evangelho transformou tudo para ele.

 

Por  Timothy Keller

Author: Fernanda

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *